it-swarm-pt.tech

Meu plano de observação de necessidade é metodologicamente correto?

Fiquei me perguntando se você poderia me ajudar a realizar uma observação adequada. Você vê algum erro metodológico no meu plano de observação ou nas perguntas da pesquisa? Meu plano maximiza a capacidade de descobrir pontos de interrupção do usuário?

Aqui está o meu plano:

Minhas observações se concentram no resumo do projeto para "Time". Passo muito do meu tempo trabalhando em várias tarefas em uma cafeteria local e noto que os baristas precisam concluir muitas tarefas diferentes com uma restrição de tempo estrita. Meu objetivo é observar as muitas tarefas diferentes que os baristas precisam concluir e seus métodos atuais de gerenciar essas tarefas. Vou pedir à equipe as tarefas planejadas antes do início do período de observação e, depois, fazer um conjunto de perguntas por e-mail (as perguntas da pesquisa estão listadas abaixo). Pedirei aos baristas que dêem um joinha se sentirem que estão atrasados ​​em uma tarefa - isso seria uma indicação de um ponto de interrupção do usuário. Observarei um barista de cada vez. Meu objetivo final será projetar um aplicativo de software que os ajude a gerenciar essas tarefas com mais eficiência usando o princípio de gerenciamento de tempo do timeboxing - que se concentra na distribuição e alocação de intervalos de tempo específicos para tarefas priorizadas.

Perguntas da pesquisa on-line (todas com caixas de resposta no campo de texto, exceto quando as opções são indicadas na pergunta):

  1. Qual é o valor da gestão do tempo em sua vida diária? (Altamente importante, Moderadamente importante, Minimamente importante)

  2. Quão habilidoso você se sente como gerente de tempo?

  3. Quais ferramentas você usa atualmente para gerenciar seu tempo?

  4. Qual é a tarefa mais rápida que você normalmente realiza diariamente?

  5. Qual é a tarefa mais lenta que você normalmente realiza diariamente?

  6. Que tarefas diárias você acha que tem dificuldade para concluir no tempo que acha que deveria?

uma. Por que você acha que não conclui essas tarefas a tempo?

  1. Quantas tarefas não planejadas você costuma realizar diariamente?

uma. Você costuma concluir essas tarefas no tempo que pretende?

b. Existem tarefas não planejadas que você tem problemas para concluir a tempo?

  1. Como você caracterizaria a quantidade de tarefas que realiza todos os dias? (Muitas tarefas, quantidade média de tarefas, poucas tarefas?)

  2. Com que frequência você conclui as tarefas que se propôs a realizar no tempo em que pretendia concluí-las?

  3. Quantas vezes no dia você alterna entre se sentir ocupado e se sentir colecionado (mais de 20 vezes por dia, mais de 10 vezes por dia, mais de 5 vezes por dia, mais de 3 vezes por dia, menos de 3 vezes por dia )

  4. Existe uma hora do dia em que você se sente mais ocupado do que em outros momentos? Se assim for, quando?

  5. Com que frequência você delega tarefas para outra pessoa diariamente? (com muita frequência, com frequência, não com muita frequência)

  6. Que tarefas você acha que não são confiáveis ​​para concluir em tempo hábil e por quê?

  7. Como as expectativas de outras pessoas em relação ao tempo influenciam sua priorização de tarefas?


Eu acho que a pergunta 7a. é uma pergunta binária, mas também é uma continuação de uma pergunta anterior. Seu papel como acompanhamento o torna metodologicamente correto?

Além disso, eu estava pensando em usar 15 minutos como a duração do período de observação. Devo controlar a "ocupação"? Por exemplo, devo perguntar aos baristas, antes do período de observação, quando as partes mais movimentadas do dia tendem a ser e escolher apenas aqueles momentos para observar sua atividade? Devo observar em diferentes horários do dia (ocupado e não ocupado)?

1
user51843

O plano parece bom em si mesmo. Eu certamente aconselho a fazer observações em tempos de carga pesada e sem carga, porque o método/aplicativo que você desenvolverá deve funcionar nos dois cenários (caso contrário, ele diminuirá os picos ou se incomodará com a carga baixa). Isso também deve guiá-lo no período de observação - se um/dois ciclos completos de dose forem bons o suficiente; se houver tarefas paralelas/comunicação/alocação de recursos com outros membros da equipe ...

Eu realmente não entendo o objetivo da pesquisa. A meu ver, pode fornecer apenas pistas marginais para o objetivo geral. A maioria são perguntas qualitativas de auto-avaliação, que realmente não tendem a fornecer respostas válidas.

Essas perguntas estão relacionadas apenas ao ambiente de trabalho? Eu me concentrei nas questões que levaram ao processo de "aprendizado" e à cooperação/comunicação - como eles aprenderam/se ajustaram ao cenário da tarefa, quais são as dicas que eles usam no gerenciamento de tarefas, onde passam a maior parte do tempo fisicamente. No final, você "forçará" um novo conjunto de tarefas sobre eles e eles terão que incorporá-los ao seu fluxo. Se isso for difícil, o sistema será rejeitado, por melhor que seja.

Nota - não use um número ímpar de opções de resposta - você acaba com um "modo" inútil bem no meio. Forçar uma polaridade de respostas (ou seja, uma escala de 4).

1
rogerovo