it-swarm-pt.tech

Em que devo prestar atenção ao comprar um comutador de rede?

Como não sou especialista em hardware, não sei quais recursos tornam um comutador de rede bom comutador de rede. O que devo prestar atenção ao comparar os diferentes modelos de diferentes fornecedores?

58
splattne

É tudo sobre recursos e a qualidade do dispositivo.

Geralmente, você pode verificar a qualidade do dispositivo procurando opiniões sobre esse dispositivo específico.

Recursos que você deseja examinar

  • Contagem de portas e velocidade do link para cada porta
  • Recursos de administração remota. Como você configurará o switch, http, https, ssh, telnet, ferramenta proprietária.
  • A largura de banda do backplane. Um switch deve permitir muitas conversas simultâneas. Para 1 GB, você pode esperar ver um backplane de 10 GB.
  • Suporte a VLAN, isso permite que você tenha várias redes virtuais.
  • Agregação Etherchannel/Bonding/Link. É possível mesclar muitas portas em um único tronco.
  • Recursos de roteamento/firewall L3. Atualmente, muitos switches avançados, incluindo a funcionalidade de roteamento.
  • Qualidade de Serviço (QoS), se você estiver usando o Voip, é necessário ter QoS.
  • Capacidade de empilhamento, muitos switches podem ser empilhados usando um cabo especial que permite que eles sejam gerenciados como uma única unidade.
  • POE, alguns tipos de dispositivos, como telefones, podem ser alimentados por um switch.

Se você tem uma rede pequena, provavelmente não precisa da maioria dos recursos, e um simples switch barato será bom. Se você possui alta demanda de segurança, um sistema VoiP, uma rede complexa, precisará de mais recursos.

47
Zoredache

Switches de bloqueio x sem bloqueio

Pegue as especificações de um switch e adicione todas as portas na velocidade máxima teórica, para obter a soma total teórica da taxa de transferência de um switch. Se o barramento de comutação ou os componentes de comutação não puderem lidar com o total teórico de todas as portas, o comutador será considerado um "comutador de bloqueio". Há um debate sobre se todos os switches devem ser projetados sem bloqueio, mas os custos adicionais são razoáveis ​​em switches projetados para funcionar nos maiores backbones da rede. Para quase todas as aplicações, um comutador de bloqueio com um nível de rendimento aceitável e razoável funcionará perfeitamente.

Considere um switch 10/100 de oito portas. Como cada porta pode, teoricamente, manipular 200 Mbps (full duplex), há uma necessidade teórica de 1600 Mbps ou 1,6 Gbps. Porém, no mundo real, cada porta não excederá 50% de utilização, portanto, um barramento de comutação de 800 Mbps é adequado. A consideração da taxa de transferência total versus a demanda total de portas nas cargas do mundo real fornece a validação de que o switch pode lidar com as cargas da sua rede. <

Retirado de: http://www.lantronix.com/resources/net-tutor-switching.html

Eles têm outras coisas boas nessa página para procurar também.

14
JakeRobinson

Algumas outras coisas a considerar:

  • Tamanho do buffer por porta. Os comutadores de consumo têm apenas alguns kilobytes por porta. Isso é suficiente para manter um ou dois quadros Ethernet de tamanho normal. Mas jogue alguns quadros maiores nele e o buffer transbordará. O interruptor irá roubar ou reverter para o "modo hub". Os comutadores corporativos (e até alguns de consumo sofisticado) têm 100K ou mais dedicados a cada porta, permitindo que eles armazenem mais quadros e aumentem a taxa de transferência.

  • Garantia. Alguns interruptores (HP, de cabeça para baixo) vêm com garantias vitalícias. Agradável.

11
Barry Brown

Para uma boa troca, acho que existem apenas duas opções: Cisco e HP. (e não estou falando da Linksys)

Diferenças objetivas:

  • Cisco são mais caros. Muito mais caro.
  • A HP tem uma garantia vitalícia. Agradável.
  • A HP oferece atualizações de firmware gratuitas, mesmo sem contrato de serviço. Agradável.
  • Cisco tem uma selva de firmware, com a HP você simplesmente obtém a versão mais recente
  • A HP tem switches que só podem ser configurados via web, a Cisco não (acho). (OMI os switches cli/menu valem o pouco dinheiro extra)

Muitas e muitas diferenças subjetivas.

Mais importante: NUNCA compre a coisa mais barata na prateleira cara (gerenciada, montada em rack). Um Dlink gerenciado NÃO valerá a pena. Eles são instáveis, lentos e horríveis de configurar. O Netgear provavelmente será o mesmo. Para comutadores gerenciados, basta acessar a HP ou Cisco.

... ou possivelmente da série Juniper EX.

Recursos que você pode querer que podem afetar sua escolha:

  • Encaminhamento. Não espere que seja a taxa de linha em um switch. Poderia ser, mas não espere.
  • Protocolos de roteamento (OSPF, BGP, ...). Você provavelmente sabe se precisa.
  • IPv6 (listas de acesso, roteamento, telnet, raio, ...)
10
Thomas

Fontes de alimentação redundantes

9
Chopper3

Meus 2 centavos: Selecione interruptores com refrigeração passiva, na prática eles geralmente são mais duráveis.

6
SaveTheRbtz

No topo da boa lista de Zoredache:

  • (R) STP - para garantir que sua rede não fique parada quando alguém conectar uma porta de switch em outra porta de switch ...
6
Alnitak

Se um switch possui os recursos acima, ele certamente tem SNMP, mas isso também deve ser uma prioridade. É bom saber o que está passando por esses canos.

5
Cawflands

Além de 'recursos' e 'carga' nos quais todos os outros estão pensando, eu pensaria com muito cuidado sobre a marca ...

Se você o estiver colocando de fácil alcance e implantando de 1 a 5, pense na Netgear/Linksys; se você os estiver implantando em um local, não deseja voltar a pensar em Cisco/HP. Você paga um prêmio pelos da Cisco - e só faz sentido comprá-los se você tiver muitos outros kits da Cisco; caso contrário, eu compraria a HP.

A outra consideração principal é a administração. Você REALMENTE precisa fazer logon nele e observar o tráfego que o atravessa. Realmente..? Custará um prêmio elevado e, se você quiser apenas verificar a conectividade/desativar uma porta ocasional, verificar temperatura/energia, etc. 'version.

Evite qualquer coisa que pareça barata.

Mike

3
Mike McClelland

Algumas coisas que procuro e que ainda não vi mencionadas:

  • Acho que o suporte ao monitoramento de fluxo TCP/IP (via SFlow ou RMON) é incrivelmente útil quando combinado com um agitador de fluxo para apenas manter um olho na saúde geral da sua rede.
  • O DHCP-Snooping é outro recurso muito útil. Pode realmente salvar sua bunda quando algum usuário decide conectar seu roteador/wap Linksys que eles trouxeram de casa.
  • A autenticação 802.1x também é muito útil pelo motivo mencionado acima.
  • Registro centralizado
  • Uma interface de linha de comando que não é ruim. Isso facilita a administração da infraestrutura de comutação então.
  • Suporte ao IPv6 para todos os recursos da Camada 3 e a interface de gerenciamento.

Coisas que outros mencionaram com as quais eu concordo plenamente:

  • resfriamento passivo, muito mais silencioso e duram muito mais
  • tamanho, nem todos têm IDFs agradáveis ​​para trabalhar ...
  • Suporte 802.1q. VLANs são uma ferramenta muito útil
2
user62491

Eu diria que a estabilidade é um problema, especialmente os menores e mais baratos às vezes podem ser de bugs e instáveis ​​... infelizmente, nunca encontrei um bom número/estatísticas sobre estabilidade/"tempo médio entre falhas".

A única solução que conheço é usar uma marca conhecida ...

2
Johan

Não acredito que ninguém tenha mencionado o tamanho - geralmente os armários de distribuição são pequenos e os grandes - principalmente os de PoE.

Tivemos um grande trabalho em encontrar um switch PoE silencioso e pequeno para o nosso gabinete que permitisse o fechamento das portas :) terminavam com portas 2x12 de PoE (com 12 não PoE cada) em vez de um PoE de 24 portas. Dá um pouco menos de um ponto de falha catastrófica também.

2
Tom Newton