it-swarm-pt.tech

Script Bash para detectar o sistema de controle de versão testando o status de retorno do comando

Estou trabalhando em um script bash que gostaria de trabalhar para vários tipos de VCS. Estou pensando em testar se um diretório é um repositório de um sistema, executando um comando info típico e verificando o código de retorno, sucesso ou erro. Em pseudocódigo:

if a svn command succeded;
    Then run svn commands
Elif a darcs command succeded;
    Then run darcs commands
Elif a Mercurial command succeded;
    then run hg commands
else 
    something else
fi

Posso executar um comando, por exemplo darcs show repo E use $? para obter seu código de retorno.

Minha pergunta é: existe uma maneira simples de executar e retornar o número do código de retorno em uma linha? por exemplo

if [ 0 -eq `darcs show repo`$? ]; 

Ou devo definir uma função?

Um requisito adicional é que stderr e stdout devem ser impressos.

11
Niall Murphy

Se verifica automaticamente o código de retorno:

if (darcs show repo); then
  echo "repo exists"
else
  echo "repo does not exist"
fi

Você também pode executar o comando e usar && (AND lógico) ou || (OU lógico) depois para verificar se foi bem-sucedido ou não:

darcs show repo && echo "repo exists"
darcs show repo || echo "repo does not exist"

O redirecionamento de stdout e stderr pode ser feito uma vez com exec

exec 6>&1
exec 7>&2
exec >/dev/null 2>&1

if (darcs show repo); then
  repo="darcs"
Elif (test -d .git); then
  repo="git"
fi

# The user won't see this
echo "You can't see my $repo"

exec 1>&6 6>&-
exec 2>&7 7>&-

# The user will see this
echo "You have $repo installed"

Os dois primeiros exec estão salvando os descritores de arquivo stdin e stderr, o terceiro redireciona ambos para /dev/null (ou em algum outro lugar, se desejado). Os dois últimos exec restauram os descritores de arquivo novamente. Tudo no meio é redirecionado para lugar nenhum.

Acrescente outras verificações de repo como Gilles sugeriu.

15
wag

Como outros já mencionaram, if command testa se command é bem-sucedido. De fato [ … ] é um comando comum, que pode ser usado fora de um if ou while condicional, embora seja incomum.

No entanto, para esta aplicação, eu testaria a existência dos diretórios de características. Isso estará correto em mais casos Edge. Versão Bash/ksh/zsh/dash (não testada):

vc=
if [ -d .svn ]; then
  vc=svn
Elif [ -d CVS ]; then
  vc=cvs
else
  d=$(pwd -P)
  while [ -n "$d" ]; do
    if [ -d "$d/.bzr" ]; then
      vc=bzr
    Elif [ -d "$d/_darcs" ]; then
      vc=darcs
    Elif [ -d "$d/.git" ]; then
      vc=git
    Elif [ -d "$d/.hg" ]; then
      vc=hg
    fi
    if [ -n "$vc" ]; then break; fi
    d=${d%/*}
  done
fi
if [ -z "$vc" ]; then
  echo 1>&2 "This directory does not seem to be under version control."
  exit 2
fi
4

Bem, não é muito bonito, mas é uma maneira de fazer isso inline:

if darcs show repo > /dev/null 2>&1; then <do something>; fi

Por definição, se testa o código de saída de um comando, então você não precisa fazer uma comparação explícita, a menos que queira mais do que sucesso ou falha. Provavelmente existe uma maneira mais elegante de fazer isso.

2
SethG

Outra opção sucinta seria:

[ -d .svn ] && { svn command 1; svn command 2; } 
0
Mihai Rotaru